Morreu no início da tarde de hoje (22), a menina Raquel Antunes, que teve as pernas esmagadas por um carro alegórico na dispersão do sambódromo do Rio de Janeiro, na última quarta. Ela já tinha tido uma das pernas amputadas e estava internada em estado grave no Hospital Municipal Souza Aguiar.

A informação foi confirmada pela instituição por meio de nota. “A direção do Hospital Municipal Souza Aguiar comunica, com pesar, o falecimento da menina Raquel Antunes da Silva, às 12h10min de hoje”, disse.

Raquel havia subido em um dos carros alegóricos da escola de samba Em Cima da Hora enquanto ele estava parado. Assim que ele se mexeu, na Rua Frei Caneca, já fora do sambódromo, as pernas dela ficaram presas entre o carro e um poste. Ela foi socorrida em um dos postos médicos do sambódromo e depois encaminhada para o Souza Aguiar, onde passou por uma cirurgia de 8 horas e teve uma das pernas amputada

À GloboNews, testemunhas disseram que a criança estava com a mãe em uma lanchonete ao redor do sambódromo e se separou dela para ver a dispersão do desfile. Segundo a própria mãe, nesse momento, a criança subiu em um dos carros quando ele estava parado.

O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil. Imagens de câmeras de segurança foram coletadas e estão sendo analisadas.

Foto: Divulgação Redes Sociais
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.