Não há momento mais propício para falar sobre derrotas e volta por cima, não depois que a seleção brasileira perdeu de 7 a 1 para a Alemanha. Como lidar com o fracasso e superar esse momento difícil? Aqui vai um paralelo entre o futebol e os negócios: como superar um negócio que não deu certo e seguir em frente?

A cultura sobre o fracasso varia muito em cada país – e isso foi extremamente visível com a Copa. Muitos países saíram da competição satisfeitos com o que alcançaram – seja passando pela fase de grupos ou chegando a final – e não para por aí. No mundo dos negócios o fracasso também é interpretado de formas diferentes: nos Estados Unidos, por exemplo, fechar uma empresa é sinal de orgulho, afinal, a pessoa tentou, aprendeu e agora pode partir para uma nova jornada, enquanto no Brasil, o fracasso ou fechamento de uma empresa pode ser sinônimo para o fim de uma carreira.

Não importa o quanto uma derrota pode ser devastadora para um profissional, é preciso que ele avalie a situação e volte para a luta enfrentando os obstáculos – e sem reclamar. Ok, você teve que fechar sua empresa e seu projeto deu errado, mas a cada minuto que você reclama, é um minuto que você perde para colocar em prática uma nova ideia ou simplesmente superar o acontecido.

Divulgação: Thinkstock

É importante para você mesmo saber por que e onde aconteceram os erros. Foi no projeto? Faltou estudar os concorrentes e o público alvo? Veja o que aconteceu e pesquise para evitar essas falhas no futuro. Porém, independente dos motivos responsáveis pelo fracasso, perdoe-se. Quanto mais você se martirizar, pior vai ser.

Entenda que não existe garantia de vitória quando o que se quer é algo inovador. Portanto, se você fracassou, é porque tentou algo novo – e o mundo precisa disso: pessoas que tentam coisas diferentes. Além disso, todo fracasso serve para o aprendizado. Mesmo com o negócio não dando certo, com certeza você aprendeu algo com ele – e levará esse aprendizado para o futuro.

Depois de entender os motivos responsáveis pelo fracasso (e se perdoar por isso), reúna energia suficiente para uma nova jornada. Faça planos concretos e conte com o apoio de quem você confia para analisar, criticar e acrescentar detalhes em seus planos. Após esse período difícil, coloque em prática aquilo que está no papel. Jogue fora a energia negativa do último projeto e a transforme em motivação para melhorar o atual. Essas são dicas para todas as pessoas, independente da área. Os jogadores da seleção, por exemplo, precisarão reunir forças, aprender com o fracasso e seguir em frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.