No mês de julho, dia 13, comemoramos o dia internacional do rock, este estilo de música que nasceu nos Estados Unidos e teve sua primeira música gravada em Memphis, no começo dos anos 50.

Para mim, rock and roll é mais que um estilo. É um estado de espírito, é libertação através da bateria, do baixo e da guitarra, é não se curvar, é dizer “estou aqui e farei barulho”. É festa de família com irmãos, tios e primos tocando, cantando e sua avó cobrando a música que não começa logo.

É pegada de mulheres intensas como Shirley Manson, Joan Jett, Amy Lee, Debbie Harry, Courtney Love, Janis Joplin, Stevie Nicks, Cássia Eller, Rita Lee, Pitty. E das bandas mais recentes, lideradas por Isabela Lorio, Carol Rezende e Giulia Brandão (Pink Roof), Alline Lola, Camila Godoi , Natalia Benite (Clandestinas) e Thais Amaral (Endigna). Valeu 89 a Rádio Rock!

Por essas e muitas outras razões, sou fã de rock and roll.

Além da barulheira generalizada e do espírito de aventura traduzido nas letras, o rock and roll pode ser lucrativo. Para ganhar dinheiro você pode fazê-lo de forma tradicional, ou seja, montando uma banda e tocando em bares, festas, casamentos e shows em geral. Ou pode ambientar seu negócio já existente – um restaurante ou bar – com aquele visual que só o rock and roll oferece.

Mas, hoje em dia, você pode buscar formas alternativas. A internet pode ajudar você a ganhar dinheiro com essa paixão em forma de música.

Foto: Divulgação

Ecommerce rock and roll

As bandas mais tradicionais de rock and roll já descobriram que o varejo pode ser uma linha de receita interessante. Lojas virtuais do U2 e do Rolling Stones vendem uma variedade de artigos, incluindo uma estilosa máscara por USD15.00. Que estilo hein?

No Brasil, o valor transacionado com streaming, livros, games e instrumentos musicais cresceu 40,4% no ano passado. Aqui você pode pensar na loja de instrumentos musicais, ou com um pouco menos de capital, seria possível abrir uma loja com produtos que complementem estes instrumentos. Já pensou em oferecer cases de guitarra personalizados? Ou então acessórios pessoais ou para decoração?

O importante conhecer seu público-alvo. O rock e suas variações é o segundo gênero musical mais ouvido no mundo e o quarto no Brasil, principalmente entre pessoas de 45 a 54 anos, ou seja, a geração X, que corresponde a  51% da força atual de trabalho e detém poder de consumo. Portanto, se você acha que roqueiro é “largado” e não se preocupa com qualidade dos produtos, revise seu conceito e turbine a curadoria de seu sortimento.

Youtube, seu canal para o mundo do rock

Se você não toca, não canta e não tem aptidão para o comércio, que tal criar um canal no Youtube com novidades, curiosidades e opiniões sobre esse mundo de figuras e hábitos tão peculiares? Abaixo alguns exemplos de potencial, obtidos com a calculadora do Nox Influencer:

CanalInscritosEstimativa ganho mensalEstimativa ganho por vídeo
Rock N’ Roll True Stories+280.000USD  6,036.00USD 1,920.00
Kazagastão+236.000USD      568.00USD     161.00
Rock Music+224.000USD   6,836.00USD        74.00
Classic Rock Music+156.000USD 81,741.00USD        61.00

A evolução do canal do Youtube leva tempo, a receita dependerá do conteúdo, frequência de postagens e do engajamento – visualizações, likes e compartilhamentos.

Alguns números podem parecer baixos, mas considere que a criação dos vídeos será um momento de lazer para te trazer receita adicional e que os valores acima são em dólares – na data em que artigo foi escrito a cotação do dólar era de 5,25 x USD 500 mês = R$ 2.625,00 para fazer o que se gosta. Nada mal né?

Os números aqui demonstrados são estimativas e podem não representar o ganho real dos responsáveis pelos canais. Entretanto, falar sobre rock and roll no YouTube, pode ser uma maneira interessante de ganhar dinheiro extra mesmo que você não saiba tocar nenhum instrumento.

Agora, se você quer criar música, o Youtube tem também uma página exclusiva para criadores.

Ahhh entendi. Você gosta de outro estilo musical… tá valendo!

O mundo é imenso e composto de várias tribos, mude a palavra rock pelo seu estilo musical preferido e siga sempre em frente.

Independente da sua tribo, deixo aqui um verso do meu rock favorito:

Some will win, some will lose
Some were born to sing the blues
Oh, the movie never ends
It goes on and on and on and on

E acima de tudo:

Don’t stop believin’

Eu adorarei saber sua opinião sobre o artigo, seu estilo de música ou banda preferida.

Deixa aqui nos comentários ou nas minhas redes sociais.

Executiva do mercado de tecnologia, esposa, mãe de gêmeos, amante de uma boa conversa e um bom vinho. Em sua trajetória profissional trabalhou para as maiores empresas de tecnologia do mundo, onde teve a oportunidade de interagir com profissionais de diferentes culturas, o que moldou sua visão de gestão. Pós-graduada em marketing, formação de diretores pelo IESE/ISE, curso livre no INSPER, inúmeros cursos online e buscando os próximos. Estudar e colocar em prática é sua paixão. Sempre acreditou no poder do estudo e no trabalho para fortalecer e transformar o indivíduo. Você pode encontrá-la nas redes sociais como @glaumaurano.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.