Durante o último ano muitas empresas habilitaram a infraestrutura para que seus funcionários trabalhassem em casa. O termo home office invadiu o mercado de trabalho, a infraestrutura tecnológica foi adequada e os funcionários adaptaram suas casas e suas rotinas.

O fato é que, apesar de ter sido uma solução importante durante a pandemia, muitas pessoas não têm condições de continuar trabalhando em casa. Conciliar casa, escritório, aulas e vida pessoal, além das longas conferências no Zoom, Teams ou Google Meet tem sido um desafio, e há funcionários pedindo para retornar ao trabalho

Mas qual a expectativa para esta volta

Dados da pesquisa da PwC sugerem que flexibilidade parece ser a palavra da vez já que 55% dos funcionários preferem ficar remotos pelo menos três dias por semana e 68% dos executivos preferem os funcionários estejam no escritório pelo menos três dias na semana.

O modelo que parece estar se confirmando em mais de 80% das empresas é uma semana com três dias presenciais, mobiliário que pode ser facilmente movido e mesas volantes para abrigar aqueles que estiverem no escritório naquele dia. Além disso, os espaços ao ar livre deverão ser cada vez mais procurados e medidas que se utilizam da tecnologia para promover a segurança dentro dos escritórios estão sendo desenvolvidas.

Qual o impacto para as mulheres

Se por um lado a pandemia trouxe uma grande carga extra para mulheres, por outro, 65% delas acredita que a pandemia piorou as coisas no trabalho diminuindo chances de promoção e reconhecimento.

As mulheres sabem que precisarão voltar ao escritório para retomar suas carreiras, a questão é como e quando.

A palavra flexibilidade precisará realmente ser exercitada para as mulheres e para 58% delas uma semana com três ou mais dias de trabalho remoto lhe dariam a chance de trabalhar, cuidar da casa e dos filhos. E claro, as aulas dos filhos terão que ser coordenadas com os dias de trabalho no escritório, trazendo mais complexidade para a equação.

À medida que a vacinação avança, e a confiança no retorno ao escritório aumenta, mais e mais veremos discussão sobre o tema, o que certamente ajudará a pensar num modelo inclusivo e seguro para que as mulheres, e para profissionais de forma geral.

Ainda não há uma receita definida, precisaremos usar mais aquela tal da resiliência para encontrar a fórmula correta. Entretanto, o positivo é que parece que o mundo está começando a caminhar para um novo momento da pandemia, com preservação de vidas sempre, mas com a manutenção da atividade econômica para que muitos possam continuar honrando seus compromissos e garantindo a dignidade de seu sustento. E isso traz esperança e mais confiança no futuro.

E você, está preparada para retornar ao escritório? Quantos dias da semana faria sentido para você?

* Fontes:

PwC’s US Remote Work Survey – January 12, 2021 – It’s time to reimagine where and how work will get done

It Really Is Back to the Office This Time

NY Times – Here Come Hot Desks and Zoom Rooms. And Holograms?

Executiva do mercado de tecnologia, esposa, mãe de gêmeos, amante de uma boa conversa e um bom vinho. Em sua trajetória profissional trabalhou para as maiores empresas de tecnologia do mundo, onde teve a oportunidade de interagir com profissionais de diferentes culturas, o que moldou sua visão de gestão. Pós-graduada em marketing, formação de diretores pelo IESE/ISE, curso livre no INSPER, inúmeros cursos online e buscando os próximos. Estudar e colocar em prática é sua paixão. Sempre acreditou no poder do estudo e no trabalho para fortalecer e transformar o indivíduo. Você pode encontrá-la nas redes sociais como @glaumaurano.
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.