Os amuletos ainda estão muito presentes na sociedade atual, apesar de serem objetos relacionados a mitos antigos, a crença no poder desses talismãs continua forte em muitas pessoas, que os utilizam para afastar perigos e infortúnios.

Eles podem estar na forma de animais, minerais, vegetais e outros símbolos, segundo a mística, embora todos tenham o propósito de protegê-lo de problemas, más intenções ou doenças, cada um deles tem um propósito específico.

“Antes de nos aprofundarmos nesse sentimento tão comum, porém indesejado, precisamos ter algo em mente: ninguém pode ter poder sobre a sua vida, a não ser que você dê poder ao outro. Conhecer ferramentas para se apropriar do seu poder pessoal é o caminho para afastar a inveja, a do outro e a nossa. “ – explica Kélida Marques.

Abaixo a espiritualista ajudar você a conhecer e descobrir amuletos de proteção para usar no dia a dia.

Estrela de cinco pontas: É um símbolo de referência para atrair boa sorte. Além de proteger a pessoa que o usa e ser um amuleto contra doenças, atrai bem-estar e fortuna para a vida de quem o usa. Este objeto está ligado ao pomo de Adão pela lenda de que, no caso de abrir o fruto ao meio, essa estrela de cinco pontas poderia aparecer.

Representa várias figuras geométricas: um pentágono, pentalfa ou pentagrama. Este pentagrama também é usado em rituais de magia branca. Sua forma está associada à de um homem com a cabeça no ponto superior e as pernas abertas nos dois pontos inferiores.

Olho de Horus: A origem deste amuleto vem da mitologia egípcia. Representa Udyat, o olho com propriedades mágicas que foi dado a Hórus, filho de Osíris, depois de perder o olho esquerdo. É um símbolo que dá estabilidade cósmica e que traz plenitude. Suas propriedades incluem proteção, cura, magia e purificação.

O Olho de Hórus também é um símbolo ligado ao sol e à ordem universal, qualidades que o tornam um dos amuletos de boa sorte mais usados.

A mão de Fátima: A origem deste amuleto é muçulmana e judaica, seu uso é difundido em todo o Oriente Médio e Norte da África. Ele protege você dos maus olhos e também é conhecido como Hamsa ou a mão de Deus. Acredita-se que tenha um significado semelhante à “Que Deus esteja com você” ou “Que Deus te abençoe”.

Rosa de jericó: É uma planta natural em áreas desérticas da África, especialmente no Norte e no Oriente Médio. Sua propriedade mais notável é reviver se você o colocar na água depois de morrer. Graças a isso, é considerado um amuleto de proteção para o lar.

Yin Yang: São duas forças opostas e, ao mesmo tempo, vitais para representar a dualidade da vida. Por um lado, o yin é a parte feminina e escura que simboliza a terra, enquanto o yang é o lado masculino, a luz e o céu. É preto e branco na cor e pode ser usado em pingentes.

Em muitas mitologias e religiões do mundo, há uma grande variedade de objetos que recebem significado espiritual e protetor. Além de serem usados ​​como amuletos ou talismãs, alguns objetos também são usados ​​em rituais religiosos ou esotéricos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.