Uma mulher identificada como Ana Paula Ruiz, de 41 anos, fez uma imagem do seu assassino apontando a arma do crime pouco antes de ser morta na frente do filho. O caso aconteceu no México.

De acordo com informações do site Processo MX, a mulher abordou um homem que havia acabado de roubar a moto do seu filho. Miguel Alejandro chegou ao hotel onde a mãe trabalhava como recepcionista, e informou o.

Logo depois, os dois saíram e viram uma pessoa correndo e empurrando a motocicleta (que estava estacionada). Eles o alcançaram, e o cúmplice apontou a arma de fogo. A mulher confrontou e exigiu que entregassem a motocicleta do filho. Ao ver a arma, ela imediatamente pegou o celular para tirar uma foto do agressor, que naquele momento puxou o gatilho.

Foto: Divulgação Redes Sociais

Paula Ruiz caiu ferida por um tiro, o assassino e seu cúmplice fugiram imediatamente do local do crime e deixaram a motocicleta abandonada.

Segundo testemunhas, as forças policiais demoraram a chegar. Uma ambulância levou a mulher gravemente ferida no peito pelo impacto da bala, mas acabou morrendo no hospital.

Segundo o site, a Procuradoria-Geral da República (FGE) disse que abriu investigação para identificar os responsáveis pelos crimes de roubo com violência e homicídio. Ainda de acordo com as informações, Paula Ruiz, que era mãe solteira, deixou quatro filhos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.