A recepcionista chamada Isadora Fernandes, que havia feito a compra de um celular no valor de R$ 5 mil, estava ansiosa para receber o aparelho. Mas quando a encomenda chegou a frustração foi grande.

Isso porque ao abrir a caixa, a jovem encontrou um pedaço de granito no lugar no aparelho celular, um iPhone 11. O caso aconteceu em Anchieta, na zona norte do Rio de Janeiro.

Segundo ela, o aparelho tinha sido comprado de uma rede de lojas de eletrodomésticos no dia 14 de setembro. Seis dias após a conclusão da compra, o celular chegou com a caixa violada e pesando mais que o normal.

Isadora conta ainda que estranhou as idas e vindas da encomenda, e ao acompanhar o envio do celular pela internet, percebeu que em pelo menos um momento, funcionários dos Correios tentaram entregar o pedido no destino, mas alegaram que o endereço dela não foi encontrado. 

“Eles postaram no dia 15 de setembro e no dia 17 tentaram fazer uma tentativa de entrega e deu como endereço não encontrado e achei estranho porque sempre coloco esse endereço e sempre entregaram. No dia 20, saíram novamente e conseguiram fazer a entrega. Assim que meu esposo recebeu a encomenda, achou estranho porque a caixa estava amassada, com avarias e o lacre parecia ter sido violado”. 

O marido da vítima, que estava em casa, recebeu a embalagem e comunicou o furto à esposa. No mesmo dia, Isadora registrou um boletim de ocorrência na 30ª DP (Marechal Hermes).

Em comunicado enviado à Record TV Rio, a empresa informou que repudia toda e qualquer prática danosa ao consumidor e que está adotando as medidas necessárias para a apuração do episódio.

Assista o momento:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *