Um dos grandes problemas que temos na sociedade atual é a síndrome de burnout. Com um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, pressão por resultados e acúmulo de funções, essa doença tem acometido muitas pessoas.

De acordo com um levantamento da Associação Nacional de Medicina do Trabalho (Anamt), cerca de 30% dos trabalhadores brasileiros sofrem desse problema.

“É um problema que acomete vários profissionais e muitas vezes, só é identificado e tratado quando já foram causados danos na vida profissional e pessoal do trabalhador. O ideal é que as empresas atuem de forma preventiva”, comenta Monik Moura, especialista em Medicina Preventiva e Social.

Divulgação

A médica disponibilizou 5 dicas para prevenção do burnout, em seu ambiente de trabalho:

1. Estabelecer uma boa comunicação interna

Um dos problemas que geram grandes confusões em ambientes de trabalho, é o ruído entre mensagens internas. Uma comunicação efetiva e respeitosa, diminui a possibilidade de conflitos e gera melhores resultados. A escuta ativa da equipe, permite identificar e resolver problemas antes que eles causem maior desgaste e preocupação.
 

2. Liderar com empatia

Importar-se com o bem-estar do colaborador, permitir acesso à estrutura e aos equipamentos adequados para o trabalho, valorizar os esforços das equipes, traz maior motivação e evita insatisfação.

O funcionário sente-se à vontade para reportar ao seu superior, tanto coisas boas ou ruins, e isso o ajuda em sua estadia profissional.
 

3. Estimular um bom relacionamento entre os colegas

Por vezes, ter um mau relacionamento com seus colegas de trabalho pode acarretar enormes dificuldades. A empresa precisa auxiliar neste convívio, promovendo uma boa interação entre os colegas de equipe, gerando cooperação e menos exclusão e isolamento.
 

4. Promover cuidados em saúde

Possibilitar o fácil acesso a cuidados em saúde traz tranquilidade para o colaborador, A busca por resultados, pressão por desempenho, tudo isso afeta a mente do trabalhador, que por vezes já vem um pouco conturbada por problemas pessoais, e acaba-se misturando. Dar essa oportunidade ao funcionário, evita doenças e permite tratá-las precocemente quando já instaladas. Manter um ambiente de trabalho seguro previne agravos à saúde.
 

5. Valorizar momentos de pausa e descanso

Todo mundo gosta de ter um momento para descansar, ou conversar com o seu colega de trabalho. Proporcionar essas pausas adequadas de repouso e relaxamento, facilitar o contato com arte e atividades culturais, assim como estimular a prática de esportes, são medidas que contribuem para o bem-estar físico, mental e social dos colaboradores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.