Mesmo sendo uma prática bem comum na rotina de beleza das mulheres – e homens também – a depilação ainda causa muitas dúvidas especialmente quanto aos limites, cuidados e técnicas que podem ser usadas. 

Nas clínicas de estética, o procedimento seja com cera ou laser, é um dos mais procurados por quem quer se livrar dos terríveis pelinhos que nascem pelo nosso corpo. A procura também é grande por procedimentos de depilação definitiva, afinal, quem não quer ter a pele lisinha e com a comodidade de não ter que ficar se depilando toda semana, né?

Por isso, listamos os principais mitos e verdades a respeito da depilação para te ajudar a solucionar as dúvidas quanto aos procedimentos. 

1. Os pelos se tornam mais grossos ou finos dependendo do tipo de depilação?

Mito

A depilação não vai impactar na espessura, cor ou quantidade de pelos que vão nascer posteriormente ao procedimento.

Esse mito surgiu por conta da depilação com lâminas, que fazem os pelos crescerem de forma pontiaguda já que são cortados ao meio com a gilete. Ao contrário da depilação realizada com cera ou a laser, que deixam os pelos mais finos. 

2. Pessoas que fazem tratamento com ácidos não podem fazer qualquer tipo de depilação?

Verdade

Quando a pele é tratada com ácidos, ela fica extremamente sensível e pode acabar sendo machucada durante a depilação. Por isso, caso você realize procedimentos com ácidos ou peelings com frequência, consulte um dermatologista antes de fazer qualquer procedimento de remoção de pelos. 

3. Pele tatuada não pode depilar?

Mito

Quem tem pele tatuada pode sim realizar o procedimento de depilação, desde que isso seja feito sem danos ao desenho. Nesses casos o melhor é evitar a depilação definitiva, como o laser e a fotodepilação, além das técnicas que podem causar lesões e queimaduras na região. O mais indicado é recorrer à depilação com cera. 

Depilar antes ou durante o período menstrual causa mais dor?

Verdade

Isso ocorre porque durante o período pré-menstrual e menstrual o organismo acaba retendo mais líquido e estica a pele, aumentando a sensibilidade e dor. O ideal é que a depilação seja feita 10 dias antes do início do ciclo menstrual. 

Depilação pode manchar a pele?

Verdade

Caso sejam usadas ceras muito quentes na hora da depilação é possível que a pele sofra queimaduras e consequentemente fique manchada. É importante seguir as orientações do produto e evitar se expor ao sol após a depilação. O uso do filtro solar diariamente é indispensável. 

Grávidas não podem fazer depilação?

Mito

Mas desde que o procedimento seja feito com o dobro de cuidados. Afinal, neste período a mulher fica com a imunidade mais baixa, o que aumenta o risco de contrair doenças, e também de infeccionar a área depilada. Mas as mulheres podem sim passar por procedimentos de depilação durante a gravidez, podendo inclusive fazê-los até o nono mês de gestação.

É indispensável procurar um especialista antes de realizar qualquer procedimento estético. Somente um profissional poderá indicar qual a melhor técnica para você. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.