A influencer Mayra Cardi concedeu uma entrevista a um podcast e fez uma longa reflexão sobre as diferenças entre orgulho e amor próprio dentro de um relacionamento amoroso. Contudo, as teorias apresentadas pela coach, não foram muito bem recebidas nas redes sociais e os internautas reagiram.

Ela conta que após ser traída pelo menos 16 vezes, decidiu dar uma nova chance ao esposo, Arthur Aguiar, e que extraiu dessa situação pelo qual passou, uma lição sobre uma suposta diferença entre orgulho e amor próprio.

“As mulheres me encontram na rua e elas falam: ‘eu não vou admitir. Eu amo meu marido, mas eu não vou voltar com ele porque eu me amo. Eu falo pra ela: ‘não é que você se ama, é que você tem orgulho’. Porque se você se amasse, você não estaria fazendo isso com você. Você acabou de me dizer que está sofrendo, mas não volta. O nome disso é orgulho e não amor próprio”, argumentou.

“Amor próprio é fazer aquilo que te faz bem. Se te faz bem estar com ele, é por orgulho que você não está voltando. Então, a gente confunde muito amor próprio com orgulho. ‘Ai, eu tenho amor próprio’, não, você é orgulhosa. Aí se ela botar na balança e ver que ele faz mal, não volta, mas não voltar por orgulho, porque se ama e acha que isso é amor próprio? Não, isso é ego”, finalizou.

A influencer pegou esse trecho da entrevista e resolveu compartilhar no TikTok. “Você sabe a diferença entre amor próprio e orgulho?”, escreveu na legenda. 

@mayra.cardi

Você sabe a diferença entre amor próprio e orgulho?

♬ som original – Mayra Cardi

Na conversa com o podcaster Joel Jota no YouTube , Maíra relembrou outras passagens de sua vida e defendeu Arthur, que se relacionou inclusive com prostitutas enquanto ela estava grávida.

“Meu marido – e não é defendendo – também é uma vítima da sociedade. Tem uma parcela de culpa, de responsabilidade, não poderia fazer o que fez, mas foi educado dessa maneira. A mesma mãe que educa a filha para ser uma princesa, educa o filho para comer o maior número de mulheres”, afirmou.

As reações dos internautas não foram das melhores.

“A volta que essa mulher deu pra justificar a falta de amor próprio foi incrível. Quase me convenceu aqui”, disse uma moça. “Se faz bem a ela receber 50 chifres em uma semana… Que bom pra ela então”, debochou uma internauta. “No fim das contas, cada um sabe o que é melhor pra si”, defendeu um rapaz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *