Nesta terça-feira (27), a ginasta Simone Biles viveu um drama no Centro de Ginástica Ariake. Considerada a maior estrela das Olimpíadas de Tóquio, ela cometeu uma grande falha no salto, seu primeiro aparelho na final por equipes e foi retirada dos outros aparelhos.

Segundo a USA Gymnastics (Federação de Ginástica dos Estados Unidos), a atleta foi retirada por questão médica e que vai ser avaliada diariamente para as próximas finais. A ginasta de 24 anos, ainda pode disputar as cinco finais individuais de Tóquio.

Simone foi a última americana a se apresentar no salto. A ginasta anunciou que faria um Amanar (Yurchenko com dupla pirueta e meia), que não é seu salto mais forte, mas tem grande dificuldade (5,8 pontos). No entanto, Biles acabou apresentando um salto com uma pirueta a menos, um Yurchenko com pirueta e meia, bem mais simples (5,0 de dificuldade). Quando essa situação acontece, a ginasta é julgada pelo que apresenta, não pelo que anunciou.

A estrela de 24 anos não conseguiu cravar seu salto, saiu indicando algo para os treinadores, e em seguida abriu mão da sua vaga nas barras assimétricas.

Com erro no salto, Simone fez uma aterrissagem problemática e quase caiu. A nota 13,766 foi muito abaixo do que costuma tirar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *