A polícia da Califórnia, Estados Unidos, foi acionada nove vezes para ir à mansão do príncipe Harry e da duquesa Meghan Markle. O motivo? De acordo com a corporação, duas das ligações foram em decorrência de invasões na época do Natal e cinco, ativações de alarme de segurança. O casal se mudou para o local em julho do ano passado.

Segundo os dados divulgados conforme o acordo com as leis de Liberdade de Informação dos EUA, os policiais foram chamados 4 vezes no mês de julho de 2020, depois que Harry e Meghan se mudaram de Los Angeles para Montecito, onde moraram temporariamente depois de deixarem o Canadá, logo no início da pandemia.

Na véspera de Natal, os policiais foram chamados à casa depois que um homem foi acusado de invasão de propriedade. Nickolas Brooks, de 37 anos, foi liberado pela corporação, mas acabou sendo preso no dia seguinte, por aparecer na casa dos Sussex novamente.

O casal revelou durante entrevista dada à Oprah Winfrey, que enviou cartas à família real implorando para que não tirassem seus oficiais de proteção pessoal, pois Meghan e Harry estavam sofrendo ameaças de morte. A proteção policial durante 24 horas por dia do casal foi retirada depois que eles deixaram o cargo de membros da realeza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *